Telefone: (42) 3132-0274

Horário de Funcionamento
das 13:00 às 19:00
Rua 19 de Dezembro, 280
Centro - Irati, PR

» AEROGERADOR TUFÃO

A denominação original era “Aerogerador Tornado”!... Isso porque o primeiro protótipo, nascido nas oficinas da Metalúrgica DIMARCKA, na Grande Curitiba (PR), entre 2002 e 2004, era mesmo do modelo TORNADO (3 pás no perfil NAKA), de uma série de AEROGERADORES concebidos pelo Arquiteto Luiz Gonzaga Scortecci entre os anos 1994 e 1996, ainda em Brasília (DF).

Os modelos em escala, de todos os projetos, por sinal construídos pela referida DIMARCKA, chegaram inclusive a ser apresentados numa exposição no então CEFET – Centro Federal de Educação Tecnológica, em Curitiba (PR), hoje Universidade Federal Tecnológica do Paraná, em 2003.

Quando o “Projeto Tornado” chegou a Irati (PR), em 2005, em razão da transferência da sede do ISAORG para essa localidade do interior paranaense, o modelo tornado foi preterido em favor do modelo TUFÃO, de maior porte (5 pás com perfil NAKA), visando atender a ideia de apoiar pequenas comunidades humanas isoladas até 100 ou 120 habitantes, diferentemente do modelo TORNADO, que buscava trabalhar com potência da ordem de 4 a 5 kW, e não até 16 kW (ou até pouco mais) como pode ser o caso do AEROGERADOR TUFÃO.

Abaixo do modelo TORNADO havia o pequeno VITÓRIA, em duas versões (uma eólica e outra hidráulica), de até 2 a 3 kW. Acima do TORNADO havia o próprio TUFÃO e, na sequência, o FURACÃO, até 100 ou 120 kW, com sua forma de “Roda Gigante” disposta na horizontal e com pás retráteis.

Outro fator que influenciou a opção TUFÃO foram os acordos de cooperação celebrados dentro do chamado GRUPO AURORA, uma entidade sem personalidade jurídica própria abrigada pelo presentemente denominado INSTITUTO INTERNACIONAL PARA A REDE AURORA, entidade da sociedade civil que articula formalmente em torno dela, em nível de ESTATUTO, quatro outras entidades para fins não econômicos (sem fins lucrativos) que, por terem em comum basicamente o mesmo quadro de Fundadores, se colocam como “ENTIDADES IRMÃS”, todas colaboradoras e demandantes do dito PROECO - FUNDO AURORA PRÓ-DESENVOLVIMENTO LOCAL SUSTENTÁVEL E AJUDA HUMANITÁRIA, Fundo este cujos recursos foram decisivos para o custeio e os investimentos demandados pelo desenvolvimento da Patente AEROGERADOR TUFÃO, sempre aos cuidados de seu criador, o citado Arq. Luiz Gonzaga Scortecci.

O AEROGERADOR TUFÃO foi prototipado pela primeira vez em torre de concreto e que, na verdade, era um POSTE PADRÃO de sustentação de linhas de transmissão de eletricidade no âmbito urbano. Nele foi montado o sistema de içamento (o TUFÃO é montado na base do POSTE já engastado no solo e depois içado manualmente por um sistema integrado que o coloca no alto, onde é travado e desbloqueado para girar) e acoplado o Grupo Gerador, à época apenas simulado, pois a TURBINA em si era, então, a prioridade. As primeiras pás foram cônicas. Só mais tarde, graças a melhores condições financeiras, o protótipo PX 01B recebeu pás no perfil NACA, ainda reguláveis visando correções no balanceamento, opção posteriormente abandonada face à baixa rotação (alto torque) da Turbina.

O primeiro protótipo rodou por dois anos ao lado da Estação Meteorológica EXISTENTE nas instalações  do Colégio Florestal de Irati (  ). Já o modelo com 5 pás em perfil NAKA rodou em parque público (CTG) da municipalidade de Inácio Martins (PR), numa altitude de aproximadamente 1.250 metros em relação ao nível do mar (Vejam fotos abaixo e também na GALERIA deste website).

O terceiro protótipo rodou já em sua forma comercial (a menos de alguns detalhes de dimensionamento) na Vila São João, em Irati (PR), no pátio onde então era estabelecida a empresa KATAVENTO, então parceira do ISAORG, e onde, por sinal, enfrentou um vendaval de vários minutos com ventos da ordem de 90 km/h, tudo sem absolutamente demonstrar sequer vacilações. Rodou generosa e harmonicamente, graças ao perfil NAKA (aeronáutico) das pás de da Turbina.

Dois outros protótipos semelhantes rodaram, um em Tijucas do Sul, Paraná, (sem carga) e outro em área rural do município de Cavalcante (GO), na Chapada dos Veadeiros, junto à Estação Aurora de PORTO MAESTRO.
Presentemente temos um protótipo rodando na casa-sede do ISAORG, montado em meia torre modulada, no Bairro de Rio Bonito.

Este é um resumo da história da Turbina de nosso Aerogerador. Um capítulo à parte tem sido o desenvolvimento do respectivo GRUPO GERADOR (Alternadores trifásicos e multiplicador de velocidade de rotação), parte vital de qualquer AEROGERADOR, pois sem ela a força dos ventos não resultaria em energia elétrica!

Em breve estará girando o modelo comercial completo do nosso AEROGERADOR TUFÃO, fato que, sem dúvida, será por todos nós que fazemos o ISAORG – Instituto Santos-Dumont de Tecnologia e Desenho Industrial, amplamente noticiado!